A artista carioca Luiza Baldan, desde 2009, desenvolve pesquisas em edifícios emblemáticos, que pertencem ao imaginário coletivo local. Passou o mês de julho habitando uma kitnet no Copan, e em paralelo a artista fez residência na Pivô que atua como plataforma de intercâmbio e experimentação artística com o intuito de propor questionamentos críticos no campo da arte, arquitetura, urbanismo e outras manifestações contemporâneas.  O resultado dessa experiência é a exposição “Corta-Luz”, com fotos, vídeos, textos e som. Tendo o Copan como primeiro projeto em São Paulo, Luiza volta seu olhar para as transformações dessa região específica, em parte resultantes de processos de gentrificação e especulaçãoRead More →

Encontrei do Vimeo um vídeo com o título: 2004 Copansom. Na descrição está escrito: Sound compilation and portraits of musicians residents of the Copan building in Sao Paulo Brasil. Pelas imagens captadas parece algo mais antigo do que 2004 e é apenas um trecho do que parece ser um compilado incrível. A “dona do vídeo” é Adriana García Galán’s. Isso é tudo o que sei. Procura-se pelo projeto completo. Quem tem notícias?Read More →

Depois de muitas chamadas, comentários e falatórios foi ao ar a segunda parte do Vem Comigo – Especial Copan. O resultado ficou bem bacana e ( apesar de pagar o mico do ano) adorei ter tido a oportunidade de compartilhar um pouco da minha história e meu amor pelo Copan. Assistam ao produto final e vem pro Copan !Read More →