Demasiada

Demasiada

Pensa demais. Medrosa demais. Pensa pra falar, pra andar, pra vestir. Tem medo de barata, de amar e de casar. Vive correndo da chuva e do frio, vai ao cinema sozinha e adora filmes Cult.Ouve discos de vinil, coleciona moedas antigas,adora ir ao brechó.Só ouve as bandas que ninguém conhece. Guarda as chaves embaixo do tapete. Chora sempre.
Um dia resolveu mudar. Parou de pensar, enfrentou seus medos. Continua ouvindo discos de vinil e curtindo as bandas que ninguém conhece. Agora guarda as chaves no vaso de plantas ao lado da porta e segue chorando sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *