O bom filho a casa torna

O bom filho a casa torna

14225402_10154453575904754_7942510183535117200_n

Quando me despedi do Copan 3 anos atrás para morar na Inglaterra um dos porteiros me disse tchau dizendo “você pode sair do Copan, mas o Copan jamais sai de você”. Na hora aquilo me pareceu mais um dos clichês de se morar em um edifício gigante no centro de SP.

Daí, fui alcançar novos voos na Europa, era para ser um ano e se tornou dois. Mas, um ano atrás chegou a hora de voltar ao Brasil e de repente aquela frase que se parecia um simples clichê de um porteiro bem-querido fez sentido.

Tentei outros endereços, outros lados de São Paulo, mas as ondas do edifício estavam sempre ali – como um imã – me atraindo para cada vez mais perto dele. E hoje, exatamente quando completo um ano que voltei ao Brasil, também comemoro meu retorno ao Copan.

14192586_10154453420869754_1549228746257921137_n

O bloco continua sendo o B, o andar tá um pouco mais alto alcançando o 25 e a vista tá um tanto quanto incrível. Meus caros, eu voltei.

Comigo voltaram também os projetos que já existiam nos anos que morei por aqui. O blog acaba de ser reativado, o Insta também e nossa página no Facebook ganhou cara nova, o canal no Youtube está em produção e já começamos com novidade: estamos também no Snapchat.

Lá eu mostro o dia a dia do edifício, as pessoas que moram e circulam por aqui, os bastidores do cotidiano e aquelas fofoquinhas que você sempre quis saber. Segue a gente lá (ecopan) e bem-vindo novamente!

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *