A voz melosa de Adele soava pelas caixas de som quando ele chegou. Perdida nos acordes de Set Fire to the rain, terminava de fazer o jantar, não esperava que ele chegasse tão cedo. Estava com suas roupas embaladas da lavanderia numa das mãos e a mochila do laptop em outra. Descalça na pequena cozinha me virei para encarar seus olhos azuis penetrantes que faziam minha espinha gelar, fazia poucas semanas que estávamos juntos e eu ainda não tinha acostumado com as sensações que ele despertava no meu corpo só com seu olhar. – Oi, ele disse baixinho enquanto abri espaço para ele na cozinha.Read More →

Seu nome era Alice. Também conhecida como “a garota do país da fantasia” pelas colegas da escola. Desde criança gostava de imaginar que sua vida era um grande e ilustrado livro, onde personagens enigmáticos, príncipes encantados e bruxas malévolas tinham seus destinos cruzados em histórias desenhadas por ela. Não era qualquer personagem que habitava sua história. Estava sempre envolvendo as mais confusas pessoas em enredos cada vez mais imaginários (ou não)! Nos capítulos do seu livro não existiam finais felizes. O príncipe encantado era o cafajeste que azarava todas nas tabernas da floresta e as bruxas malévolas eram as melhores amigas que davam em cimaRead More →

Pensa demais. Medrosa demais. Pensa pra falar, pra andar, pra vestir. Tem medo de barata, de amar e de casar. Vive correndo da chuva e do frio, vai ao cinema sozinha e adora filmes Cult.Ouve discos de vinil, coleciona moedas antigas,adora ir ao brechó.Só ouve as bandas que ninguém conhece. Guarda as chaves embaixo do tapete. Chora sempre. Um dia resolveu mudar. Parou de pensar, enfrentou seus medos. Continua ouvindo discos de vinil e curtindo as bandas que ninguém conhece. Agora guarda as chaves no vaso de plantas ao lado da porta e segue chorando sempre.Read More →